Educandos do curso técnico de Teatro da Usina de Arte apresentam o espetáculo “Se essa rua fosse minha…”

Hoje os educandos do curso técnico de Teatro da Usina de Arte fazem a última apresentação do espetáculo “Se essa rua fosse minha…” para alunos de escolas da rede pública de Rio Branco. O espetáculo é um exercício experimental resultado das habilidades desenvolvidas pelos educandos durante os três primeiros módulos do curso.

O trabalho é autoral e surgiu como criação coletiva da turma. A mediadora Claudia Toledo orientou uma pesquisa sobre as histórias cotidianas e familiares das comunidades onde vivem os educandos. Daí então a construção do texto e da encenação foi sendo desenhada a cada encontro pelos educandos/atores e mediadora.  

O processo de montagem foi desenvolvido de modo colaborativo permitindo que a turma pudesse criar todos os elementos da encenação – texto, cenário, figurino e interpretação. A trilha sonora foi criada e executada por Claudia Toledo e pelo músico André Dantas.

A dramaturgia foi inspirada nas situações corriqueiras dos bairros – nas brincadeiras de infância que acontecem nas ruas, na transição da puberdade para a adolescência e suas descobertas, nas situações familiares e nas relações sociais dentro das comunidades. A obra traz à cena, de forma lúdica e crítica, questões relacionadas à educação das crianças, à sexualidade na pré-adolescência, ao preconceito e à violência, aos problemas de infraestrutura da cidade, às transformações e tradições culturais da nossa sociedade.

A estreia do espetáculo deu-se em julho e agora a turma resolveu reapresentá-lo para as escolas públicas. Tivemos como público as escolas José Ribamar Batista (EJORB), Raimundo Gomes, e hoje, nesta última apresentação, Elozira dos Santos Thomé. Antes de assistirem ao espetáculo, o público faz um percurso pela Usina de Arte, conhecendo os ambientes e a história do espaço. 

O curso técnico de Teatro é ofertado no âmbito do PRONATEC por meio do Instituto Dom Moacyr e da Fundação Elias Mansour.

Apresentação de criações artísticas dos educandos dos Cursos Técnicos em Produção de Áudio e Vídeo, Teatro e Artes Visuais

IMG-20160621-WA0039

A Fundação Elias Mansour e o Instituto Dom Moacyr convidam a população para prestigiar as apresentações finais de conclusão do módulo III dos cursos técnicos em Produção de Áudio e Vídeo, Arte Dramática e Artes Visuais, ofertados na Usina de Arte por meio do PRONATEC.

Nesta quinta-feira, 23/06/2016, às 17 horas, acontecerá a apresentação de dois documentários produzidos pelos educandos do curso em Produção de Áudio e Vídeo. O primeiro é um documentário estilo comédia, que mistura ficção e realidade num divertido vídeo sobre os famigerados “mata-gatos”. O segundo é um pequeno ensaio a respeito do trabalho do meteorologista David Friale e sua “fama”.

Na sexta-feira, 24/06, a partir das 16 horas, acontecerá uma exposição de desenhos e ilustrações produzidos pelos educandos do curso de Artes Visuais. A exposição traça uma linha de evolução das habilidades artísticas dos educandos durante as 3 primeiras etapas de estudos.

Ainda na sexta, às 16h30, o público será agraciado com uma apresentação teatral realizada pelos educandos do curso de Teatro. O espetáculo, intitulado “Se Essa Rua Fosse Minha…”, é um trabalho autoral inspirado nas situações corriqueiras dos bairros – nas brincadeiras de infância que acontecem nas ruas, nas situações familiares e domésticas… A obra traz um paralelo entre questões relacionadas à sexualidade na pré-adolescência, ao preconceito e à violência.

Os eventos serão abertos a toda a comunidade local e têm o objetivo de mostrar ao público as criações desenvolvidas pelos educandos da Usina de Arte durante os processos formativos.

 

APRESENTAÇÃO MUSICAL DE ALUNOS DA USINA DE ARTE

A Fundação Elias Mansour e o Instituto Dom Moacyr convidam a população para prestigiar uma apresentação musical sexta-feira, 17 de junho, às 17h, no teatro da Usina de Arte, realizada pelos alunos e mediadores do Curso Técnico de Nível Médio em Composição e Arranjo ofertado no âmbito do PRONATEC. 

A apresentação é uma experimentação artística construída coletivamente pela turma, como resultado das competências construídas durante os três primeiros módulos do curso.

O repertório traz 11 canções de compositores consagrados do samba e da MPB, como Ari Barroso, Lamartine, Dona Ivone Lara, João Donato e Luiz Gonzaga. O vocal fica por conta das moças da turma, enquanto os rapazes acompanham tocando vários instrumentos (baixo, bateria, violão, cavaquinho, tamborim, chocalho e piano elétrico). 

O evento terá a presença da Escola Estadual Alcimar Nunes Leitão, do Instituto Dom Moacyr, da Fundação Elias Mansour e da Secretaria de Educação.  

Escola infantil municipal Bem-Te-Vi visita a Usina de Arte

Nos dias 12 e 13 de Maio a Usina recebeu a visita das turmas de pré-escolar I e II da Escola Pública Municipal Bem-Te-Vi. Os pequenos conheceram a história e os encantos da Usina sendo guiados por nossa equipe nos espaços das caldeiras, teatro, cineclube e galera de arte, onde interagiram e aprenderam com os colegas, professoras e a equipe, fazendo a alegria dos pequenos.

As crianças além de conhecer o teatro e a galeria Chico da Silva, com obras de artistas acreanos, conheceram também As Crônicas de Oliver, primeira série de animação produzida no Acre e na Usina de Arte. É com imensa satisfação que a Usina abre suas portas para este tipo de atividade, pois reconhecemos a importância de instigar, desde os primeiros anos de vida, a curiosidade e interesse sobre arte e cultura, especialmente a que se produz aqui no Acre.

IDM abre vagas para formação do cadastro reserva de mediadores horistas

O Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional e Tecnológica Dom Moacyr Grechi – IDM torna público o processo seletivo simplificado de vagas para recrutamento e formação de cadastro reserva de mediadores de aprendizagem horista (zona urbana). O edital  nº 022/2016 está disponível na página do Diário Oficial do Estado do Acre (http://www.diario.ac.gov.br/), na edição nº 11.803.

As vagas para a Usina de Arte João Donato são para o campo de Artes Visuais, sendo uma vaga na área de fotografia (40h) e uma vaga na área de gravura (40h).

WP_20160309_16_36_46_Pro

Entre os requisitos mínimos, é necessário que o candidato possua Ensino Médio completo, além do domínio na linguagem artística de enfoque, que comprove experiência profissional através de certificados de cursos, oficinas e workshops, participação em eventos e obras artísticas (exposições, mostras, catálogos etc ).

As inscrições estarão abertas durante os dias 16 e 17 de maio de 2016.

Inscrções para Oficina de Iniciação à Iluminação Cênica

13094250_1025376964184394_1532628285748363594_n

A Usina de Arte João Donato abre as inscrições para a oficina de Iniciação à Iluminação Cênica, que acontecerá na Usina de Arte no período de 16 de maio a 10 de junho de 2016, no turno da noite, das 18h às 22h, totalizando uma carga horária de 80h. A oficina será ministrada pelos iluminadores Magrão e Luiz Rabicó.

Magrão atua profissionalmente como iluminador cênico há 22 anos. Durante esse tempo, trabalhou na iluminação de shows musicais e em festivais de teatro regionais e nacionais, além de prestar serviços de apoio em diversos teatros do Acre (Teatro Plácido de Castro, Teatro dos Náuas (CZS), Teatro Hélio Melo) e, claro, na Usina de Arte.

Luiz Rabicó atua há 26 anos como iluminador cênico, prestando serviços de qualidade em espaços artísticos públicos e privados, criando e operando luz para teatros, shows e demais eventos culturais.

A oficina é destinada a iniciantes sem experiência com iluminação que tenham interesse  na área. Para se inscrever, basta procurar a Secretaria da Usina de Arte no horário de 8h30 às 12h e de 14h às 18h até o dia 13/05/25 e preencher o formulário de inscrição.

Lembramos que o preenchimento do formulário de inscrição não garante a vaga na oficina. A lista de participantes será definida por ordem de inscrição. Após o preenchimento das 25 vagas, será formado um cadastro reserva com os interessados a partir da inscrição nº 26.

ATENÇÃO: Vagas preenchidas. A partir de agora os interessados na oficina irão compor o cadastro reserva. 

Recital de Leonardo Feichas na Usina de Arte

Nesta sexta-feira, 29, a Usina de Arte receberá o violonista Leonardo Feichas, mestre pela Unicamp e professor de Música da UFAC.

Leonardo realizará um recital de violino para alunos dos cursos da Usina de Arte executando alguns prelúdios famosos da obra do compositor mineiro Flausino Valle (1894-1954).

 

A ideia do recital partiu do próprio violonista, que acredita ser importante familiarizar os futuros artistas com a música clássica atual. A proposta é que final do recital Leonardo possa bater um papo com os alunos para falar um pouco sobre seu trabalho.

Sobre Leonardo Feichas

Natural de Itajubá–MG, iniciou os estudos musicais ao 11 anos no Conservatório Estadual Juscelino Kubitschek em Pouso Alegre – MG estudando violino. Em 2009 graduou-se em violino na Unicamp e em 2013 concluiu o mestrado em performance também na Unicamp. Participou de diversas orquestras no estado de São Paulo e de festivais no Brasil e no exterior. Como educador musical, atualmente ministra aulas de violino, música de câmara e teoria musical na UFAC. Como violinista tem uma intensa atividade como músico de orquestras, violino solo e camerista em formações instrumentais como violino-violão, violino-piano e violino-guitarra. Como pesquisador, tem como objeto de estudo o repertório para violino solo brasileiro, especificamente o conjunto de 26 Prelúdios Característicos e Concertantes para Violino Só do compositor Flausino Valle.

Entradas Mais Antigas Anteriores

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 44 outros seguidores