Vagas remanescentes para cursos técnicos da Usina de Arte

O Centro de Educação Profissional e Tecnológica Usina de Arte oferece inúmeras vagas remanescentes em cursos técnicos profissionalizantes ofertados pelo Instituto Dom Moacyr por meio do Pronatec/MedioTec.

As vagas são destinadas a jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho em algum segmento da cultura, com idade entre 15 e 19 anos, que estejam cursando o primeiro ou segundo ano do ensino médio ou o primeiro módulo do PEEM da rede pública de ensino.

Esta é uma oportunidade para os candidatos que não conseguiram ingressar na primeira etapa das inscrições. As inscrições para as vagas remanescentes estarão abertas até 28/07. Para se inscrever, os interessados devem preencher o formulário de inscrição disponível na escola em que estudam ou na secretaria da Usina de Arte.

novo

Anúncios

SEE e IDM abrem 325 vagas de cursos técnicos na área da cultura para capacitação profissional de estudantes do ensino médio

A Secretaria de Estado da Educação e Esporte (SEE), em parceria com o Instituto Dom Moacyr (IDM), abriu inscrições, nesta segunda-feira (12), para a seleção de estudantes que queiram começar um curso técnico do Pronatec/MedioTec no segundo semestre de 2017. Estão sendo ofertadas ao todo 1.467 vagas ligadas à gastronomia e hospitalidade, serviços, floresta, design, saúde e cultura. 

mediotec 2

O MedioTec é uma ação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), financiado pelo Governo Federal, e nasce com o objetivo de oportunizar aos estudantes do ensino médio uma formação profissional simultânea à formação básica, aumentando assim as chances de inserção desses jovens no mundo do trabalho logo após a conclusão do ensino médio.

Os cursos são direcionados aos estudantes com idade de 15 a 19 anos, regularmente matriculados e cursando o segundo ano do ensino médio em escolas públicas das redes estaduais e distrital. Os demais requisitos de acesso estão dispostos no edital publicado pela SEE no D.O.E do Acre nº12.071, de 9 de junho.

No Acre, a área da cultura foi contemplada com 325 vagas distribuídas entre sete cursos e 12 turmas: Produção de Áudio e Vídeo, Artes Visuais, Cenografia, Teatro, Documentação Musical, Processos Fonográficos e Processos Fotográficos. Os cursos, com carga horária de 800 horas e duração de 1 ano, possibilitarão que jovens tenham habilitação técnica para atuarem profissionalmente em algum segmento artístico-cultural, o que contribuirá para o fortalecimento e crescimento da cadeia produtiva das artes e da cultura no Acre.

Os cursos foram selecionados a partir do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos do Ministério da Educação e pertencem ao eixo tecnológico Produção Cultural e Design. As aulas serão ministradas na Usina de Arte João Donato a partir de agosto. No turno da manhã, serão ofertadas 4 turmas: Documentação Musical, Artes Visuais, Produção de Áudio e Vídeo e Teatro. Já o turno da tarde terá, além destas, também uma turma de Processos Fonográficos, uma de  Processos Fotográficos e uma de Cenografia.

revisado

A divulgação das vagas está sendo feita por meio de um Seminário de Profissões realizado nas escolas para apresentar aos estudantes as perspectivas do mundo do trabalho e renda.  A exposição aborda o perfil das diversas profissões relacionadas aos cursos ofertados, bem como suas contribuições à sociedade. Além do Seminário, as vagas também estão sendo divulgadas na mídia radiofônica e televisiva locais por meio do Instituto Dom Moacyr.

A seleção dos candidatos inscritos será por meio de sorteio público realizado pela Secretaria de Educação no dia 22 de junho às 9h da manhã na sede da SEE. As inscrições devem ser feitas entre os dias 12 e 19 de junho na escola em que o candidato esteja matriculado. O resultado final do processo seletivo será divulgado no dia 27 no Diário Oficial do Estado.

Usina de Arte e as boas práticas de consumo sustentável

Em junho se celebra em todo o mundo o mês do meio ambiente. A proteção e preservação ambiental são pautas debatidas incessantemente por autoridades de diferentes países.

mesdomeioambiente

O Brasil possui uma das legislações mais completas e avançadas do mundo no que se refere ao meio ambiente. Todavia, mais do que os avanços representados pela lei, nosso país ainda carece de ferramentas eficazes de fiscalização e apuração dos crimes ambientais.

No Acre, a proteção da biodiversidade e os princípios da sustentabilidade ambiental fazem parte da nossa identidade cultural. Nosso estado possui uma conexão espiritual com a floresta, valoriza as culturas indígenas e tem suas origens intimamente ligadas à natureza. Tudo isso o coloca em local de destaque no Brasil e no mundo na vanguarda da defesa do meio ambiente.

A Usina de Arte João Donato compartilha dos mesmos valores e princípios ecológicos do nosso estado. Por isso, pensando nas boas práticas de consumo sustentável na administração pública, nós da Usina de Arte tomamos pequenas medidas diárias que contribuem efetivamente para a construção de um mundo melhor, evitando danos ao planeta.

Entre as ações adotadas, estão: a não disponibilização de copos descartáveis; o incentivo ao uso de canecas e garrafinhas individuais reutilizáveis por parte de alunos, funcionários e visitantes; a reutilização de papéis; a redução do gasto de energia elétrica, água e papel; a inclusão de temas ligados à educação ambiental em seus projetos pedagógicos e culturais.
teste 1

Esta é uma política adotada pelo governo do Acre no âmbito da administração pública visando à gestão consciente e correta dos recursos materiais e naturais disponíveis. No dia 1º de junho, o governo abriu a programação do mês do meio ambiente com um Seminário sobre Práticas Sustentáveis na Administração Pública. O evento aconteceu no auditório da Biblioteca Pública, em Rio Branco.

A Usina de Arte acredita que cada um fazendo o pouco que pode, podemos juntos fazer muito e mudar o mundo. Pequenas atitudes sustentáveis diárias e individuais, somadas a outras praticadas por outros milhões de cidadãos, podem reduzir sensivelmente os impactos ao meio ambiente.

logo_2017

No mundo do capital, quem reduz, reutiliza e recicla, produz lucro.