Arismar do Espírito Santo dá oficina musical e show em Rio Branco

Arismar do Espírito Santo dá oficina musical e show em Rio Branco

Por Rose Farias

A Escola de Música do Acre (Emac) e a Usina de Arte serão palco do projeto “Alegria nos Dedos”, desenvolvido pelo multi-instrumentista Arismar do Espírito Santo. Contemplado com o Prêmio Funarte de Música Brasileira, o projeto apresenta uma cartela que reúne uma oficina de criação musical, ensaio aberto e show.

A oficina é gratuita e será realizada de 13 a 15 deste mês, com duas turmas das 14 às 16 horas, e das 16h30 às 18h30, com 25 vagas cada, na Escola de Música. Serão aceitos alunos com idade a partir de 15 anos, e é preciso ter conhecimento musical. Informações: 3229-4918 e 3229-5461.

O ensaio aberto será realizado na Usina de Arte, no dia 16 deste mês, às 16 horas. Já o show de Arismar, na mesma data, encerra o “Alegria nos Dedos” também no teatro da Usina, às 20 horas. A entrada é franca.

“O projeto trará a sonoridade que Arismar desenvolve de forma rica com a música instrumental. Será um prazer compartilhar, intercambiar com esse grande talento. Sabemos do carinho que ele possui pelos músicos da nossa terra”, disse Dircinei Souza, diretor da Emac.

A ação musical tem o apoio cultural do governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM).

Quem é Arismar do Espírito Santo ?

O santista Arismar é um músico completo. Sua maneira de tocar e compor traz forte intuição e espontaneidade. As harmonias inusitadas, os improvisos, o ritmo contagiante e a criatividade são sua marca registrada. Recebeu o Prêmio Sharp de Música e foi eleito um dos 10 melhores guitarristas do Brasil (Guitar Player). Já se apresentou em Rio Branco, com o Projeto Pixinguinha, e recentemente com o Quinteto Mujangué, formado no edital Rumos Música Coletivo do Itaú Cultural, composto por Antônio Loureiro, Chico Corrêa, Tiago de Moura e Zé Jarina, personagem interpretado pelo artista acreano César Farias.

Imagem