FEM, por meio da Usina de Arte, participa da 3a edição do Seminário de Arte e Educação da UFAC

Consolidando seu papel como instituição promotora e apoiadora da cultura e das artes, a Fundação Elias Mansour, por meio da Usina de Arte João Donato, compõe o time de parceiros do 3° Seminário de Arte e Educação da UFAC, participando ativamente de atividades com a colaboração de profissionais da casa.

O evento ocorre de 18 a 21 de setembro de 2019, de maneira concomitante ao 3º ENREFAEB Norte – Seminário da Região Norte, e é uma realização do Grupo de Pesquisa em Tecnologias Educacionais Inovadoras para a Amazônia (TEIA-UFAC) e do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Acre (PPGAC-UFAC), em parceria com a a Federação de Arte Educadores do Brasil (FAEB).

Dentre as inúmeras atividades que irão  acontecer durante os quatro dias de evento, a FEM faz sua estreia na programação com a Exposição Acre Aquarelável, na quarta-feira, 18/09, às 10h. Além disso, no dia 19, acontece a comunicação oral Artes Integradas da Usina de Arte, com início às 13h30. No dia 20, das 8h às 12h, teremos a oficina A xilogravura em seus não lugares e, às 19h, na Mostra Usina Ufac de Arte, a FEM participa com o experimento Vivências Sonoras. Para encerrar a participação no Seminário, dia 20, vai acontecer o experimento sensorial Sentir e deixar fluir, das 8h às 12h, no parque zoobotânico da Ufac.

Fem/Usina de Arte e Ufac assinarão termo de parceria para intensificar intercâmbio entre as instituições

A diretora-presidente da Fundação Elias Mansour (FEM), Karla Martins, coordenadores e professores dos cursos de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal do Acre (UFAC) e a coordenadora da Usina de Arte se reuniram hoje para discutir o fortalecimento de projetos de extensão de caráter cultural, com o objetivo de alargar as possibilidades de experimentações e vivências estéticas de pessoas que pouco têm acesso aos bens e serviços artísticos, tão importantes para o exercício pleno da cidadania e para a formação da subjetividade e dos valores socioculturais.

IMG_20170530_111719602

Em breve as duas instituições assinarão um termo de parceria para formalizar a intercâmbio entre UFAC e Usina de Arte, que já acontece desde 2006, quando a Usina de Arte e os cursos de graduação em Música e Artes Cênicas foram criados.

Karla Martins destacou a iniciativa como positiva tanto para os acadêmicos da UFAC, quanto para alunos da Usina de Arte. “Eles poderão aprofundar as trocas de experiências e desenvolver práticas de estágio e extensão de forma mais institucional,” afirmou.

Já o professor Leonel, coordenador do curso de Artes Cênicas, disse que “a ideia é aproximar os acadêmicos dos equipamentos culturais da cidade, como a Usina, por exemplo, aproveitando esse espaço, especialmente, para desenvolver experimentos artísticos e, ao mesmo tempo, contribuir, como contrapartida, para a formação nele oferecida.”

A coordenadora da Usina de Arte, Simone Pessoa, argumentou: “Não temos dúvida que a parceria com a Universidade vai favorecer a formação de nossos alunos, como também permitirá ampliar a oferta de oficinas para a comunidade interessada na qualificação profissional nesses segmentos artísticos.”