Vagas remanescentes para cursos técnicos da Usina de Arte

O Centro de Educação Profissional e Tecnológica Usina de Arte oferece inúmeras vagas remanescentes em cursos técnicos profissionalizantes ofertados pelo Instituto Dom Moacyr por meio do Pronatec/MedioTec.

As vagas são destinadas a jovens que desejam ingressar no mercado de trabalho em algum segmento da cultura, com idade entre 15 e 19 anos, que estejam cursando o primeiro ou segundo ano do ensino médio ou o primeiro módulo do PEEM da rede pública de ensino.

Esta é uma oportunidade para os candidatos que não conseguiram ingressar na primeira etapa das inscrições. As inscrições para as vagas remanescentes estarão abertas até 28/07. Para se inscrever, os interessados devem preencher o formulário de inscrição disponível na escola em que estudam ou na secretaria da Usina de Arte.

novo

SEE e IDM abrem 325 vagas de cursos técnicos na área da cultura para capacitação profissional de estudantes do ensino médio

A Secretaria de Estado da Educação e Esporte (SEE), em parceria com o Instituto Dom Moacyr (IDM), abriu inscrições, nesta segunda-feira (12), para a seleção de estudantes que queiram começar um curso técnico do Pronatec/MedioTec no segundo semestre de 2017. Estão sendo ofertadas ao todo 1.467 vagas ligadas à gastronomia e hospitalidade, serviços, floresta, design, saúde e cultura. 

mediotec 2

O MedioTec é uma ação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), financiado pelo Governo Federal, e nasce com o objetivo de oportunizar aos estudantes do ensino médio uma formação profissional simultânea à formação básica, aumentando assim as chances de inserção desses jovens no mundo do trabalho logo após a conclusão do ensino médio.

Os cursos são direcionados aos estudantes com idade de 15 a 19 anos, regularmente matriculados e cursando o segundo ano do ensino médio em escolas públicas das redes estaduais e distrital. Os demais requisitos de acesso estão dispostos no edital publicado pela SEE no D.O.E do Acre nº12.071, de 9 de junho.

No Acre, a área da cultura foi contemplada com 325 vagas distribuídas entre sete cursos e 12 turmas: Produção de Áudio e Vídeo, Artes Visuais, Cenografia, Teatro, Documentação Musical, Processos Fonográficos e Processos Fotográficos. Os cursos, com carga horária de 800 horas e duração de 1 ano, possibilitarão que jovens tenham habilitação técnica para atuarem profissionalmente em algum segmento artístico-cultural, o que contribuirá para o fortalecimento e crescimento da cadeia produtiva das artes e da cultura no Acre.

Os cursos foram selecionados a partir do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos do Ministério da Educação e pertencem ao eixo tecnológico Produção Cultural e Design. As aulas serão ministradas na Usina de Arte João Donato a partir de agosto. No turno da manhã, serão ofertadas 4 turmas: Documentação Musical, Artes Visuais, Produção de Áudio e Vídeo e Teatro. Já o turno da tarde terá, além destas, também uma turma de Processos Fonográficos, uma de  Processos Fotográficos e uma de Cenografia.

revisado

A divulgação das vagas está sendo feita por meio de um Seminário de Profissões realizado nas escolas para apresentar aos estudantes as perspectivas do mundo do trabalho e renda.  A exposição aborda o perfil das diversas profissões relacionadas aos cursos ofertados, bem como suas contribuições à sociedade. Além do Seminário, as vagas também estão sendo divulgadas na mídia radiofônica e televisiva locais por meio do Instituto Dom Moacyr.

A seleção dos candidatos inscritos será por meio de sorteio público realizado pela Secretaria de Educação no dia 22 de junho às 9h da manhã na sede da SEE. As inscrições devem ser feitas entre os dias 12 e 19 de junho na escola em que o candidato esteja matriculado. O resultado final do processo seletivo será divulgado no dia 27 no Diário Oficial do Estado.

Fem/Usina de Arte e Ufac assinarão termo de parceria para intensificar intercâmbio entre as instituições

A diretora-presidente da Fundação Elias Mansour (FEM), Karla Martins, coordenadores e professores dos cursos de Música e Artes Cênicas da Universidade Federal do Acre (UFAC) e a coordenadora da Usina de Arte se reuniram hoje para discutir o fortalecimento de projetos de extensão de caráter cultural, com o objetivo de alargar as possibilidades de experimentações e vivências estéticas de pessoas que pouco têm acesso aos bens e serviços artísticos, tão importantes para o exercício pleno da cidadania e para a formação da subjetividade e dos valores socioculturais.

IMG_20170530_111719602

Em breve as duas instituições assinarão um termo de parceria para formalizar a intercâmbio entre UFAC e Usina de Arte, que já acontece desde 2006, quando a Usina de Arte e os cursos de graduação em Música e Artes Cênicas foram criados.

Karla Martins destacou a iniciativa como positiva tanto para os acadêmicos da UFAC, quanto para alunos da Usina de Arte. “Eles poderão aprofundar as trocas de experiências e desenvolver práticas de estágio e extensão de forma mais institucional,” afirmou.

Já o professor Leonel, coordenador do curso de Artes Cênicas, disse que “a ideia é aproximar os acadêmicos dos equipamentos culturais da cidade, como a Usina, por exemplo, aproveitando esse espaço, especialmente, para desenvolver experimentos artísticos e, ao mesmo tempo, contribuir, como contrapartida, para a formação nele oferecida.”

A coordenadora da Usina de Arte, Simone Pessoa, argumentou: “Não temos dúvida que a parceria com a Universidade vai favorecer a formação de nossos alunos, como também permitirá ampliar a oferta de oficinas para a comunidade interessada na qualificação profissional nesses segmentos artísticos.”

Mostra – Sesc Amazônia das Artes

SESC – Programação Amazônia das Artes 2017

A 10ª edição da Mostra Sesc Amazônia das Artes acontece em Rio Branco de 06 a 16 de maio. Dez dias de teatro, cinema, literatura e música.

Há dez anos, o sonho da iniciativa era fomentar a circulação e produção artística da Amazônia legal. Hoje, o Sesc Amazônia das Artes é um sonho realizado, se firmando como um dos principais programas de circulação da produção artística brasileira. Confira acima toda a programação, que tem entrada franca.

Resultado do sorteio de vagas para o curso de Iniciação Teatral com Cleber Barros

Segue a lista dos candidatos inscritos que foram contemplados, por meio de sorteio, com as 25 vagas abertas para o Curso de Iniciação Teatral com o ator e diretor de teatro Cleber Barros.

Lista organizada por ordem alfabética

AIMEE OLIVEIRA MARTINS

ALINNE RAKEL BANDEIRA ZAIRE

ANA CLAUDIA ARAUJO DOS SANTOS

ANA CLEICE OLIVEIRA SOUZA

CLAUDIA PESSOA QUEIROZ

DINARIA BRITO DA SILVA

EMILLY GOMES DE ANDRADE

GABRIEL SOUZA DE OLIVEIRA

GISELLE CRISTINA SILVA DE FREITAS

HERNAN DE MESQUITA CASTRO JÚNIOR

JIGLYANE RAMOS DUARTE

JOÃO VÍTOR ARAÚJO DA SILVA

JORGE LUIZ DE OLIVEIRA RODRIGUES

KELLINE JESSICA OLIVEIRA DO NASCIMENTO

LUCAS GABRIEL BARROS DA FROTA

MARIA EDUARDA SAMPAIO FERREIRA

NÚBYA NARA MADELLA

PENÉLOPE FARIA DA COSTA

RICRADO JOSÉ RAMOS PAMPOLHA JUNIOR

SABRINA DE ALMEIDA SAMPAIO

SABRINA JAYNNAH OLIVEIRA DE MELO

TAINARA DA SILVA MATOS

THAIS DA SILVA DALMAGRO

YAGO DE SOUZA DOS SANTOS

YNARA GABRIELLY MAGALHÃES ROCHA

Lista de espera (por ordem de sorteio)

RAYSE VITÓRIA DUARTE DE SOUZA

WHESLEY LUIZ PEREIRA DINIZ

KAREN ALINE VIANA DE MELO

FABRIELEN GERMANO MELO

MATHEUS MELO DE CARVALHO

CLÍVIA DE SOUZA ALMEIDA

ANDRESSA CRISTINY ARAÚJO DE OLIVEIRA

VANDSON HALUEM DA SILVA

TIAGO CASTELO BONFIM MINASSA

VITÓRIA MARIA DE SOUZA MOTA

CURSO DE INICIAÇÃO TEATRAL NA USINA DE ARTE

O Governo do Acre, por meio da Fundação Elias Mansour e Instituto Dom Moacyr, dando continuidade às suas ações de formação, oferece na Usina de Arte João Donato, a partir de maio, mais um curso na área de artes cênicas, voltado para pessoas com interesse  em ter um contato inicial com o teatro. O objetivo da oferta é atender a comunidade, que tem procurado com frequência oficinas e cursos de iniciação teatral.

teatro

O curso será ministrado pelo ator e diretor de teatro Cleber de Barros e é destinado a um público com idade a partir de 14 anos interessado em desenvolver habilidades básicas relacionadas a atuação em palcos de teatro. Os alunos irão ter aulas de interpretação e noções de figurino e cenário.

O objetivo do curso é proporcionar aos alunos vivências com o universo teatral por meio de jogos dramáticos, da improvisação, da expressão corporal e vocal, da interpretação e criatividade. Serão desenvolvidas experiências através de pequenos experimentos cênicos que, na conclusão do curso, serão mostrados ao público.

O curso terá carga horária total de 60 horas com 4h/a por semana. As aulas acontecerão às segundas e quartas-feiras, no período da tarde, no horário de 15h às 17h na Usina de Arte. A data prevista para início do curso é 08 de maio de 2017.

Serão ofertadas 20 vagas e a seleção será por meio de sorteio. A lista dos selecionados será divulgada aqui no blog no dia 04/04.

As inscrições estarão abertas de 26/04 a 03/05 e serão realizadas por meio do link

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeKdNw9FWhkEAFWk90NHDvwOts24g9gZHIJ3IYfsy0SkVGq4g/viewform

O certificado será emitido a quem concluir o curso com a carga horaria mínima de 75% de presença.

Usina de Arte recebe oficina de teatro da companhia portuguesa Mala Voadora

Neste mês de abril, nos dias 14, 15 e 16, a Usina de Arte receberá uma oficina de teatro ministrada pela Companhia Mala Voadora, grupo teatral expoente das artes cênicas de Portugal, e que vem ao Acre com o apoio cultural do governo do Acre por meio da Fundação Elias Mansour.

philatelie7

A oficina, com 15 vagas e carga horária de 12 horas, acontecerá no horário das 16h às 20h e será direcionada a profissionais e estudantes de teatro e público interessado.

O objetivo da oficina é que os participantes conheçam os métodos de trabalho da Companhia, entendendo como fazer de cada novo espetáculo uma oportunidade de especulação em torno dos contornos do que se entende por teatro. Serão exploradas as possibilidades de relação entre o tema de que trata um determinado espetáculo e os recursos teatrais com que ele é construído: os seus dispositivos ficcionais, narrativos, cênicos e de representação. Dentre os temas propostos, destacam-se aqueles que têm como foco os territórios de ambiguidade entre performance e representação; a ideia de “encenação em direto”; a variedade de recursos sonoros e musicais que podem ser colocados ao serviço da construção dramatúrgica; e a importância da cenografia como elemento significante do espetáculo.

A oficina é gratuita e será ministrada por Jorge Andrade, fundador da Companhia Mala Voadora. Os interessados em participar da oficina podem fazer sua inscrição no período de 3 a 09 de abril preenchendo o formulário disponível no link abaixo.

Inscrições encerradas!

A seleção dos inscritos será feita por meio da análise de três critérios: área de formação/atuação profissional, breve currículo.

Sobre a Companhia Mala Voadora

Mala voadora é uma renomada companhia de teatro portuguesa. Foi fundada em 2003 por Jorge Andrade (encenador, ator e dramaturgo) e José Capela (cenógrafo e arquiteto), responsáveis pela direção artística do grupo. Em 2013, Vânia Rodrigues (coordenadora de gestão e programação) e Joana Costa Santos (diretora de produção) passaram a compor a companhia.

O grupo acaba de receber o prêmio de melhor espetáculo do ano de 2017, pela crítica de Portugal, com a peça Moçambique, obra que a companhia traz ao Brasil com apresentações em Curitiba e em São Paulo neste mês de abril.

MOCAMBIQUE_divulgacao_creditos_AntonioMV

Moçambique faz parte de um projeto de dois espetáculos. O segundo, chamado Amazônia, está em processo de pesquisa e estreará em novembro em Portugal. Para a criação de Amazônia, a companhia realizará uma pesquisa em Rio Branco-AC.

Os espetáculos da Cia Mala Voadora caracterizam-se pela sua persistente especulação em torno do que pode ser teatro, do que pode ser texto dramático e pela tensão entre materiais externos e internos à tradição teatral. O grupo publicou vários textos do inglês Chris Thorpe, seu colaborador regular, e em breve lança a publicação de textos de Jorge Andrade.

Mala Voadora produziu até o momento 38 espetáculos. Tem sido presença regular nos principais palcos e festivais nacionais e estabelecido coproduções com as mais prestigiadas instituições. Apresentou o seu trabalho também em países como Alemanha, Bélgica, Bósnia Herzegovina, Brasil, Cabo Verde, Escócia, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Grécia, Inglaterra, Líbano e Polônia.

Para conhecer mais sobre a Companhia mala Voadora, acesse o site http://malavoadora.pt/

Entradas Mais Antigas Anteriores