Mostra – Sesc Amazônia das Artes

SESC – Programação Amazônia das Artes 2017

A 10ª edição da Mostra Sesc Amazônia das Artes acontece em Rio Branco de 06 a 16 de maio. Dez dias de teatro, cinema, literatura e música.

Há dez anos, o sonho da iniciativa era fomentar a circulação e produção artística da Amazônia legal. Hoje, o Sesc Amazônia das Artes é um sonho realizado, se firmando como um dos principais programas de circulação da produção artística brasileira. Confira acima toda a programação, que tem entrada franca.

Resultado do sorteio de vagas para o curso de Iniciação Teatral com Cleber Barros

Segue a lista dos candidatos inscritos que foram contemplados, por meio de sorteio, com as 25 vagas abertas para o Curso de Iniciação Teatral com o ator e diretor de teatro Cleber Barros.

Lista organizada por ordem alfabética

AIMEE OLIVEIRA MARTINS

ALINNE RAKEL BANDEIRA ZAIRE

ANA CLAUDIA ARAUJO DOS SANTOS

ANA CLEICE OLIVEIRA SOUZA

CLAUDIA PESSOA QUEIROZ

DINARIA BRITO DA SILVA

EMILLY GOMES DE ANDRADE

GABRIEL SOUZA DE OLIVEIRA

GISELLE CRISTINA SILVA DE FREITAS

HERNAN DE MESQUITA CASTRO JÚNIOR

JIGLYANE RAMOS DUARTE

JOÃO VÍTOR ARAÚJO DA SILVA

JORGE LUIZ DE OLIVEIRA RODRIGUES

KELLINE JESSICA OLIVEIRA DO NASCIMENTO

LUCAS GABRIEL BARROS DA FROTA

MARIA EDUARDA SAMPAIO FERREIRA

NÚBYA NARA MADELLA

PENÉLOPE FARIA DA COSTA

RICRADO JOSÉ RAMOS PAMPOLHA JUNIOR

SABRINA DE ALMEIDA SAMPAIO

SABRINA JAYNNAH OLIVEIRA DE MELO

TAINARA DA SILVA MATOS

THAIS DA SILVA DALMAGRO

YAGO DE SOUZA DOS SANTOS

YNARA GABRIELLY MAGALHÃES ROCHA

Lista de espera (por ordem de sorteio)

RAYSE VITÓRIA DUARTE DE SOUZA

WHESLEY LUIZ PEREIRA DINIZ

KAREN ALINE VIANA DE MELO

FABRIELEN GERMANO MELO

MATHEUS MELO DE CARVALHO

CLÍVIA DE SOUZA ALMEIDA

ANDRESSA CRISTINY ARAÚJO DE OLIVEIRA

VANDSON HALUEM DA SILVA

TIAGO CASTELO BONFIM MINASSA

VITÓRIA MARIA DE SOUZA MOTA

CURSO DE INICIAÇÃO TEATRAL NA USINA DE ARTE

O Governo do Acre, por meio da Fundação Elias Mansour e Instituto Dom Moacyr, dando continuidade às suas ações de formação, oferece na Usina de Arte João Donato, a partir de maio, mais um curso na área de artes cênicas, voltado para pessoas com interesse  em ter um contato inicial com o teatro. O objetivo da oferta é atender a comunidade, que tem procurado com frequência oficinas e cursos de iniciação teatral.

teatro

O curso será ministrado pelo ator e diretor de teatro Cleber de Barros e é destinado a um público com idade a partir de 14 anos interessado em desenvolver habilidades básicas relacionadas a atuação em palcos de teatro. Os alunos irão ter aulas de interpretação e noções de figurino e cenário.

O objetivo do curso é proporcionar aos alunos vivências com o universo teatral por meio de jogos dramáticos, da improvisação, da expressão corporal e vocal, da interpretação e criatividade. Serão desenvolvidas experiências através de pequenos experimentos cênicos que, na conclusão do curso, serão mostrados ao público.

O curso terá carga horária total de 60 horas com 4h/a por semana. As aulas acontecerão às segundas e quartas-feiras, no período da tarde, no horário de 15h às 17h na Usina de Arte. A data prevista para início do curso é 08 de maio de 2017.

Serão ofertadas 20 vagas e a seleção será por meio de sorteio. A lista dos selecionados será divulgada aqui no blog no dia 04/04.

As inscrições estarão abertas de 26/04 a 03/05 e serão realizadas por meio do link

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSeKdNw9FWhkEAFWk90NHDvwOts24g9gZHIJ3IYfsy0SkVGq4g/viewform

O certificado será emitido a quem concluir o curso com a carga horaria mínima de 75% de presença.

Usina de Arte recebe oficina de teatro da companhia portuguesa Mala Voadora

Neste mês de abril, nos dias 14, 15 e 16, a Usina de Arte receberá uma oficina de teatro ministrada pela Companhia Mala Voadora, grupo teatral expoente das artes cênicas de Portugal, e que vem ao Acre com o apoio cultural do governo do Acre por meio da Fundação Elias Mansour.

philatelie7

A oficina, com 15 vagas e carga horária de 12 horas, acontecerá no horário das 16h às 20h e será direcionada a profissionais e estudantes de teatro e público interessado.

O objetivo da oficina é que os participantes conheçam os métodos de trabalho da Companhia, entendendo como fazer de cada novo espetáculo uma oportunidade de especulação em torno dos contornos do que se entende por teatro. Serão exploradas as possibilidades de relação entre o tema de que trata um determinado espetáculo e os recursos teatrais com que ele é construído: os seus dispositivos ficcionais, narrativos, cênicos e de representação. Dentre os temas propostos, destacam-se aqueles que têm como foco os territórios de ambiguidade entre performance e representação; a ideia de “encenação em direto”; a variedade de recursos sonoros e musicais que podem ser colocados ao serviço da construção dramatúrgica; e a importância da cenografia como elemento significante do espetáculo.

A oficina é gratuita e será ministrada por Jorge Andrade, fundador da Companhia Mala Voadora. Os interessados em participar da oficina podem fazer sua inscrição no período de 3 a 09 de abril preenchendo o formulário disponível no link abaixo.

Inscrições encerradas!

A seleção dos inscritos será feita por meio da análise de três critérios: área de formação/atuação profissional, breve currículo.

Sobre a Companhia Mala Voadora

Mala voadora é uma renomada companhia de teatro portuguesa. Foi fundada em 2003 por Jorge Andrade (encenador, ator e dramaturgo) e José Capela (cenógrafo e arquiteto), responsáveis pela direção artística do grupo. Em 2013, Vânia Rodrigues (coordenadora de gestão e programação) e Joana Costa Santos (diretora de produção) passaram a compor a companhia.

O grupo acaba de receber o prêmio de melhor espetáculo do ano de 2017, pela crítica de Portugal, com a peça Moçambique, obra que a companhia traz ao Brasil com apresentações em Curitiba e em São Paulo neste mês de abril.

MOCAMBIQUE_divulgacao_creditos_AntonioMV

Moçambique faz parte de um projeto de dois espetáculos. O segundo, chamado Amazônia, está em processo de pesquisa e estreará em novembro em Portugal. Para a criação de Amazônia, a companhia realizará uma pesquisa em Rio Branco-AC.

Os espetáculos da Cia Mala Voadora caracterizam-se pela sua persistente especulação em torno do que pode ser teatro, do que pode ser texto dramático e pela tensão entre materiais externos e internos à tradição teatral. O grupo publicou vários textos do inglês Chris Thorpe, seu colaborador regular, e em breve lança a publicação de textos de Jorge Andrade.

Mala Voadora produziu até o momento 38 espetáculos. Tem sido presença regular nos principais palcos e festivais nacionais e estabelecido coproduções com as mais prestigiadas instituições. Apresentou o seu trabalho também em países como Alemanha, Bélgica, Bósnia Herzegovina, Brasil, Cabo Verde, Escócia, Estados Unidos da América, Finlândia, França, Grécia, Inglaterra, Líbano e Polônia.

Para conhecer mais sobre a Companhia mala Voadora, acesse o site http://malavoadora.pt/

Figurinos em debate: reflexões sobre a criação, concepção e produção de figurinos nos grupos de teatro do Acre

Nesta quarta-feira, 29, A Usina de Arte, por meio do Núcleo de Artes Cênicas, realiza um encontro sobre figurinos. A atividade foi idealizada e organizada pela atriz e professora de teatro Claudia Toledo, que ministrará o curso de Formação Inicial e Continuada Figurinista na Usina, ofertado pelo governo do Acre por meio do Instituto Dom Moacyr e Fundação Elias Mansour.

A ideia é promover um debate sobre os processos de criação e produção dos figurinos dos grupos de teatro de Rio Branco e instigar uma reflexão sobre as dificuldades enfrentadas diante da falta de profissionais com formação nessa área.

IMG-20170329-WA0001

O trabalho do figurinista é interpretar a proposta do roteiro, seja de uma peça de teatro, de um filme, show etc e, partir dela, pesquisar, idealizar e criar, ou mesmo recriar, peças (roupas, adereços e acessórios) que irão caracterizar os personagens para que haja harmonia de sentido e significação com o todo da obra.

A profissão de figurinista no Brasil ainda não tem o reconhecimento que merece, muitos que atuam são autodidatas e aprendem, na prática, as habilidades da profissão, visto que há poucos cursos voltados para a formação específica desses profissionais. Em Rio Branco, raramente acontecem ações de formação nessa área. No Acre, essa carência é enorme, por isso, a oferta do curso FIC Figurinista na Usina de Arte representa uma rara oportunidade de capacitação e atualização profissional na área de figurino.

A atividade é destinada aos alunos do curso Figurinista, a estudantes de Artes Cênicas, profissionais do teatro, cinema, dança, manifestações populares e demais interessados no tema.

O debate terá início às 18h30, no teatro da Usina. O evento traz ainda uma exposição de figurinos de personagens icônicos de espetáculos conhecidos do público acreano.

Claudia Toledo ressalta que “o evento é uma oportunidade para os alunos do curso conhecerem sobre os processos de concepção e criação dos figurinos e sobre o trabalho dos grupos teatrais da cidade.”

Figurinos em Debate terá a participação dos grupos: Cia Visse e Versa, Cia Garatuja, GPT, Aguadeiro, Cia Expressão e Macaco Prego da Macaca. 

Espetáculo Sobre outras janelas e portas se apresenta na Usina de Arte

O Grupo Aguadeiro apresenta na Usina de Arte João Donato, nesta segunda-feira, 27, às 19h, o espetáculo Sobre Outras Janelas e Portas, que integra a programação da Semana do Teatro em 2017.17553768_1330062427049178_4680759941850096066_n

O espetáculo aborda as diferentes formas com que a humanidade se relacionou com a loucura ao longo da história, para chegar ao momento atual, na importante discussão sobre a desinstitucionalização das pessoas diagnosticadas com transtornos mentais.

Historicamente, a loucura tem sido vista como um fenômeno alheio à sociedade, e o louco esse sujeito que deposita nas pessoas uma carga de violência e desconforto, que inspira, entre outros sentimentos, rejeição, revolta e medo. Na maioria dos casos, há uma visível incapacidade de lidar com o doente.

24920819746_3ab33ef09f_z

Ao convidar Sobre Outras Janelas e Portas para compor a programação da Semana do Teatro, a Federação de Teatro do Acre e o Sesc – Rio Branco, por meio de seu departamento de cultura, possibilitam que o Grupo Aguadeiro, mais uma vez, motive a discussão a respeito do necessário processo de integração ao convívio social das pessoas consideradas loucas.

24899449630_55787cc32d_z

O espetáculo traz uma abordagem poética do tema, possibilitando ao público um olhar mais humanizado e sensível sobre essas pessoas, instigando reconhecimento da diversidade de perspectivas por elas oferecidas à humanidade.

RESULTADO DO SORTEIO DE INSCRITOS PARA OS CURSOS FIGURINISTA E FOTÓGRAFO DA USINA DE ARTE

Divulgamos a lista de inscritos sorteados para participarem dos cursos FIC Figurinista e Fotógrafo ofertados na Usina de Arte João Donato por meio do Instituto Dom Moacyr e Fundação de Cultura Elias Mansour. Divulgamos também a lista de espera para os dois cursos.

Para os inscritos nos cursos Desenhista de Animação e Músico de Banda, informamos que a entrevista de seleção acontecerá nos dias 24 (sexta-feira) e 27 (segunda-feira) no horário entre 14h30 e 18h na Usina de Arte. O inscrito opta por qual dia quer comparecer para a entrevista. Todavia, informamos que aquele que não comparecer nos dias e horários acima informados estará automaticamente excluído do processo de seleção.

CURSO FIC FIGURINISTA (organizada por ordem alfabética)

Ana Paula Lima da Silva.

Anderson José da Silva

Bruna Pinheiro Duarte

Carolina Pacheco Sgorla

Cristiane Paula de Araújo

Dionina Gomes de Souza

Elen de Souza da Silva

Emily Juliana da Silva Santos

Evania Maria Ferraz Araújo

Flavia Rafaela da Silva Pereira

Francimilda Juca de Sousa

Henrique da Silva Queiroz

Jaine Cléssia dos Santos Henrique

Jéssica Brenda da Cunha Pereira

Laiana Raquel Menezes Castelo Branco

Lucas Lins de Araújo Peixe

Magnum Gomes da silva

Maiquilene Cunha de Souza

Marcia Roberta Silva Lebre de Freitas

Milene Caroline Pires de Jesus

Pedrina Pereira de Souza

Ramon Souza Farias

Roger Luis Alemão de Freitas

Tailini Mendes Coradi

Walesson Cezar Barbosa Cavalcante

LISTA DE ESPERA (organizada por ordem de sorteio)

Luciano da Silva Rodrigues

Maria Jaqueline Nascimento das Chagas

Bruna Sthefany Braga Martins

Laura Silva Yarzon

Alana Monte Nascimento

Yasmin Morais Pires

Shyrliane de Morais Ferreira Melo

João Vitor Freitas da Silva

Eveline Silva Bispo

Lucas Loredo da Costa

CURSO FIC FOTÓGRAFO (organizada por ordem alfabética)

Aldine de Viveiros Alves Montenegro Padula

Anderson Cavalcante Menezes

Andressa dos Santos Pascoal

Arlan Hudson Souza e Silva

Astorige de Paula Rodrigues Carneiro

Brenda Wendy do Nascimento Rocha

Camila Pereira Lima

Erica Costa Crispin

Giocondo Grotti Galileu Moura Brasil

Giovana de Lima Gomes

Jaiane Maria da Costa Almeida

Juliana Alves

Jully Joyce Specht Leal

Laryssa Félix dos Santos

Lília Moreira de Oliveira

Luana Ferreira de Souza

Lucas Gercino Sousa Silva

Lucas Nascimento de Aguiar

Marcos Antonio Santos da Silva

Maria Luana Diniz Pinheiro

Nadyne Silva Felisberto

Nágyla Silva Felisberto

Natan de Lima França

Natan de Vasconcelos Negreiros

Rafael Barbosa de Souza

Rayssa Alves

Rita Cordeli Farias de Pontes

Thawana Alexandrino Lopes

Vitor Hugo Carvalho Calixto

Ycla Hemmily Pinto de Araujo

LISTA DE ESPERA (organizada por ordem de sorteio)

Kátima de Souza Moreira

João Vitor Castelo Nogueira Costa

Kelvison Nogueira Filgueiras da Silva

Weliton Aguiar Lira

Maria de Jesus Vieira do Nascimento

Ajackson Glauber de Sousa Lima

Mary Barbosa Eusébio

Matheus Gomes de Lima

Luiz Carlos Ferreira Penha

Kataryny Oliveira Moreira

Início das aulas

FIGURINISTA: 29 de março

FOTÓGRAFO: 27 de março

Entradas Mais Antigas Anteriores