Vamos colorir? Usina de Arte participa da Mostra Viver Ciência

Venha pintar com cores extraídas da natureza: pigmentos naturais

A Usina de Arte convida toda a comunidade a prestigiar os projetos científicos dos alunos das escolas públicas e privadas do estado.

Nesta quarta e quinta-feira, os trabalhos estão expostos na III Mostra Científica Viver Ciência, realizada pela Secretaria de Educação e Esporte, no Campus da Ufac.

viver_ciencia_interno_materia

A Usina de Arte mais uma vez participa da Mostra na categoria Ciência do Cotidiano, trazendo as cores das tintas. Num trabalho colaborativo,  professores e alunos preparam tintas naturais sintetizadas com argila extraída por eles mesmos de paredões na BR 364.

C2A5E1B1-7491-4400-8D98-C87C1C68596A

Com o barro bruto, em pedra, livre de pedregulhos e raízes de plantas, os alunos colocaram a mão na massa para triturá-lo, separaram por cor, peneiraram até transformar em pó, obtendo assim pigmentações diversas, que misturadas à cola e água, tornaram-se excelentes tintas: naturais, baratas e ecologicamente corretas.

Além de tintas  produzidas com argila, os alunos também produziram pigmentos a partir de essências de açafrão, cebola, beterraba, louro, ovo, café, etc.

O professor Jesaias Texeira explica que o objetivo é “mostrar a riqueza de produtos naturais que podem ser usados como tinta, eliminando assim misturas químicas,  geralmente metais pesados que são usados na composição de tintas.”

Nosso stand no Viver Ciência é uma exposição interativa onde o público interage criando suas próprias cores e pintando obras únicas. Venha nos visitar.

Anúncios

Usina de Arte participa novamente do Viver é Ciência

 

Que tal curtir o som do Los Porongas enquanto assiste um pouco da nossa aventura no feriado?

 

Ao amanhecer da última quinta-feira, 7, enquanto muitos aproveitavam as primeiras horas do feriadão para descansar, parte da nossa equipe se encontrava alguns quilômetros adentro da estrada que liga Rio Branco ao município de Sena Madureira. O motivo? Pela segunda vez consecutiva, a Usina de Arte participa do Projeto Viver Ciência, uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE).

Em sua 3a edição, o Viver Ciência propõe estimular a criatividade, a valorização da experimentação, a ação investigativa, a atividade inovadora e a promoção da iniciação científica entre alunos da educação básica das redes pública e particular de ensino e da educação profissional.

A Usina de Arte, enquanto Centro de Educação Profissional e Tecnológica da rede IDM, reforça sua identidade como instituição de ensino e promotora da cultura local ao retomar a ideia proposta em 2016, quando participou da feira na categoria Ciência do Cotidiano com stand para demonstração de como criar tintas com materiais naturais, meio alternativo de substituição das tintas industrializadas.

Segundo Simone Pessoa, coordenadora da Usina – e que segue novamente à frente dos trabalhos, “a ideia era que os visitantes, professores e alunos se sentissem estimulados a conhecer mais das utilidades de alguns dos nossos recursos naturais, como folhas, frutas, condimentos e até argila”. Esta última encontrada na estrada entre Rio Branco e Sena Madureira.

“Além da sustentabilidade econômica, já que o aproveitamento de recursos naturais contribui para produção de baixo custo, a utilização de tintas naturais é ecologicamente sustentável”, ela diz. E avisa que os alunos e mediadores do curso de Artes Visuais serão novamente os expositores do trabalho, fazendo experimentações e auxiliando no desenvolvimento das atividades.

O curso técnico de Artes Visuais é ofertado no âmbito do PRONATEC por meio do Instituto Dom Moacyr e da Fundação Elias Mansour.