Espetáculo Yunu Pani – A origem dos legumes na Usina de Arte

Mais antigo que o teatro, são os legumes. O primeiro alimenta a alma; o segundo, o corpo. Os dois, juntos, saciarão a fome dos olhos da plateia de Yunu Pani – A origem dos legumes.

O espetáculo, inspirado em um mito indígena do povo Huni Kuin e publicado no livro Una Ïsi Kayawa (2014), de Agostinho Ika Muru e Alexandre Quinet, será  apresentado na Usina de Arte João Donato nos dias 28, 29 e 30 deste mês.

dsc_1426

A produção integra quatro linguagens artísticas, audiovisual, artes visuais, música e teatro em uma lúdica brincadeira cênica de finalização dos quatro cursos técnicos 2015-2016, ofertados no âmbito do PRONATEC por meio do Instituto Dom Moacyr e da Fundação Elias Mansour.

A concepção e a execução do projeto deram-se de modo integrado entre os professores e alunos das turmas. Foram quatro meses de pesquisas, experimentações cênicas e audiovisuais, ensaios, criação cenográfica e musical.

O espetáculo é itinerante e o espaço cênico ocupa todo o teatro, fazendo com que as cenas ocorram muito próximas ao público, criando assim uma relação direta dos atores e músicos com a plateia e convidando os espectadores-experimentadores a adentrarem na atmosfera poética de Yunu Pani – A origem dos legumes.

Algumas sessões são dedicadas às escolas públicas, onde os alunos dos cursos técnicos fazem o ensino médio. A ideia é que seus colegas, além de prestigiar o espetáculo, possam conhecer e reconhecer as possibilidades de criação artística com adolescentes ainda cursando a educação básica.

Serviço: 

Dias e horários: 28 (às 15h e às 16h30), 29 (às 15h e às 16h30) e 30 (às 16h e às 19h)

Local: Usina de Arte

Entrada: gratuita

Cada sessão receberá um público de apenas 50 espectadores, selecionado por ordem de chegada  

Anúncios

USINA DE ARTE NA FEIRA VIVER CIÊNCIA

      A Usina de Arte participou da 2ª edição do Projeto Viver Ciência, que aconteceu nos dias 14 e 15 de setembro de 2016, na Universidade Federal do Acre (Ufac).

viverciencia2

     O Viver Ciência, realização do Governo do Acre por meio da Secretaria de Estado de Educação e Esporte (SEE), é uma feira educacional, cultural e tecnológica que tem como finalidade estimular a criatividade, a valorização da experimentação, a ação investigativa, a atividade inovadora e a promoção da iniciação científica entre alunos da educação básica das redes pública e particular de ensino e da educação profissional.

       A Usina de Arte, enquanto Centro de Educação Profissional e Tecnológica da rede IDM, participou da feira na categoria Ciência do Cotidiano com stand para demonstração de como criar tintas com materiais naturais, meio alternativo de substituição das tintas industrializadas.

        A ideia era estimular os visitantes, especialmente alunos e professores, a aproveitarem recursos naturais como folhas, frutos, verduras, raízes, condimentos e argila para produzirem pigmentos com baixo custo, otimizando os gastos. Além da sustentabilidade econômica, a produção de tintas naturais é ecologicamente sustentável.    

                   

    Os alunos e os mediadores do Curso Técnico de Artes Visuais foram os expositores do trabalho e durante os dias de feira possibilitaram que o público aprendesse de maneira lúdica e educativa sobre o tema experimentando os pigmentos ao criar desenhos e outras marcas usando papel, pincel e tintas de beterraba, urucum, rúcula, café, açafrão e argila.

    O curso técnico de Artes Visuais é ofertado no âmbito do PRONATEC por meio do Instituto Dom Moacyr e da Fundação Elias Mansour.