RESULTADO DO PROCESSO SELETIVO PARA OS CURSOS FIC MÚSICO DE BANDA E DESENHISTA DE ANIMAÇÃO DA USINA DE ARTE

Divulgamos a lista dos candidatos aprovados no processo seletivo para os cursos FIC Músico Banda e Desenhista de Animação ofertados na Usina de Arte João Donato por meio do Instituto Dom Moacyr e Fundação de Cultura Elias Mansour.

Informamos que o candidato aprovado que não comparecer às duas primeiras aulas estará automaticamente excluído da turma e a vaga será destinada para um candidato da lista de espera.

CURSO FIC MÚSICO DE BANDA (organizada por ordem alfabética)

  1. Alice Poliana Souza da Silva
  2. Anderson Mesquita dos Santos
  3. Antônio Whithney R. Gomes
  4. Bruna Beatriz
  5. Cindy Nathana Melo de Souza
  6. Cindy Nogueira
  7. Dhessica de Oliveira Silva
  8. Eder Victor Farias da Silva
  9. Ícaro Antônio Oliveira
  10. James Souza Ramirez
  11. Jhon Gleymersson Oliveira de Souza
  12. Jhonatan Santos Lima
  13. Joel Ygor Oliveira do Nascimento
  14. José Matheus Souza da Rocha
  15. José Roberto B. Bezerra Júnior
  16. Kariane Fernandes
  17. Leonardo Auzier Rodrigues
  18. Luciano da Silva de Assis Veloso
  19. Luciano Silva Acácio
  20. Luiz Felipe da Silva Souza
  21. Mainã Karen de Lima Silva
  22. Sonia Maria Silva de Lima
  23. Thallis Melo de Carvalho
  24. Victor Lucas Silva Cabral
  25. Willian Gomes da Silva

CURSO FIC DESENHISTA DE ANIMAÇÃO  (organizada por ordem alfabética)

  1. Abson Nasser V. M. Júnior
  2. Ana Karoline das Chagas
  3. Anderson José da Silva
  4. André Filgueira Parada
  5. Anna Paula C. de Sousa
  6. Cristina dos Santos Lopes
  7. Cylmara F. da Rocha Gripp
  8. Diego Amorim Rodrigues
  9. Douglas M. de Amorim
  10. Elias Araújo de Freitas
  11. Hannah Lydia Pontes Farias da Silva
  12. Jeffeson Willian S. Santos
  13. Jorge Vinicius V. de Souza
  14. Jose Danrney F. Campos
  15. Késsia Thainara B. Silva
  16. Lercio Mendes Muniz
  17. Lorran Nery Leal
  18. Luciano Quaresma da Rocha
  19. Luis Gustavo C. Rodrigues
  20. Marcely M. dos Santos
  21. Marcia N. do Nascimento
  22. Rafael Barros Soares
  23. Sara Ferreira da Costa
  24. Talison G. de Menezes
  25. Tennyson P. de Abreu
  26. Valter Frazão da Silva
  27. Wendeu Paiva da Silva
Anúncios

RESULTADO DO SORTEIO DE INSCRITOS PARA OS CURSOS FIGURINISTA E FOTÓGRAFO DA USINA DE ARTE

Divulgamos a lista de inscritos sorteados para participarem dos cursos FIC Figurinista e Fotógrafo ofertados na Usina de Arte João Donato por meio do Instituto Dom Moacyr e Fundação de Cultura Elias Mansour. Divulgamos também a lista de espera para os dois cursos.

Para os inscritos nos cursos Desenhista de Animação e Músico de Banda, informamos que a entrevista de seleção acontecerá nos dias 24 (sexta-feira) e 27 (segunda-feira) no horário entre 14h30 e 18h na Usina de Arte. O inscrito opta por qual dia quer comparecer para a entrevista. Todavia, informamos que aquele que não comparecer nos dias e horários acima informados estará automaticamente excluído do processo de seleção.

CURSO FIC FIGURINISTA (organizada por ordem alfabética)

Ana Paula Lima da Silva.

Anderson José da Silva

Bruna Pinheiro Duarte

Carolina Pacheco Sgorla

Cristiane Paula de Araújo

Dionina Gomes de Souza

Elen de Souza da Silva

Emily Juliana da Silva Santos

Evania Maria Ferraz Araújo

Flavia Rafaela da Silva Pereira

Francimilda Juca de Sousa

Henrique da Silva Queiroz

Jaine Cléssia dos Santos Henrique

Jéssica Brenda da Cunha Pereira

Laiana Raquel Menezes Castelo Branco

Lucas Lins de Araújo Peixe

Magnum Gomes da silva

Maiquilene Cunha de Souza

Marcia Roberta Silva Lebre de Freitas

Milene Caroline Pires de Jesus

Pedrina Pereira de Souza

Ramon Souza Farias

Roger Luis Alemão de Freitas

Tailini Mendes Coradi

Walesson Cezar Barbosa Cavalcante

LISTA DE ESPERA (organizada por ordem de sorteio)

Luciano da Silva Rodrigues

Maria Jaqueline Nascimento das Chagas

Bruna Sthefany Braga Martins

Laura Silva Yarzon

Alana Monte Nascimento

Yasmin Morais Pires

Shyrliane de Morais Ferreira Melo

João Vitor Freitas da Silva

Eveline Silva Bispo

Lucas Loredo da Costa

CURSO FIC FOTÓGRAFO (organizada por ordem alfabética)

Aldine de Viveiros Alves Montenegro Padula

Anderson Cavalcante Menezes

Andressa dos Santos Pascoal

Arlan Hudson Souza e Silva

Astorige de Paula Rodrigues Carneiro

Brenda Wendy do Nascimento Rocha

Camila Pereira Lima

Erica Costa Crispin

Giocondo Grotti Galileu Moura Brasil

Giovana de Lima Gomes

Jaiane Maria da Costa Almeida

Juliana Alves

Jully Joyce Specht Leal

Laryssa Félix dos Santos

Lília Moreira de Oliveira

Luana Ferreira de Souza

Lucas Gercino Sousa Silva

Lucas Nascimento de Aguiar

Marcos Antonio Santos da Silva

Maria Luana Diniz Pinheiro

Nadyne Silva Felisberto

Nágyla Silva Felisberto

Natan de Lima França

Natan de Vasconcelos Negreiros

Rafael Barbosa de Souza

Rayssa Alves

Rita Cordeli Farias de Pontes

Thawana Alexandrino Lopes

Vitor Hugo Carvalho Calixto

Ycla Hemmily Pinto de Araujo

LISTA DE ESPERA (organizada por ordem de sorteio)

Kátima de Souza Moreira

João Vitor Castelo Nogueira Costa

Kelvison Nogueira Filgueiras da Silva

Weliton Aguiar Lira

Maria de Jesus Vieira do Nascimento

Ajackson Glauber de Sousa Lima

Mary Barbosa Eusébio

Matheus Gomes de Lima

Luiz Carlos Ferreira Penha

Kataryny Oliveira Moreira

Início das aulas

FIGURINISTA: 29 de março

FOTÓGRAFO: 27 de março

Inscrição para Oficinas de Formatação de Projeto – PRODAV TVs Públicas 2015/2016 – Região Norte

Linha de produção de Conteúdos para TVs Públicas do Programa Brasil de Todas as Telas – Ano 2 abre inscrições

 Investimentos de mais R$ 60 milhões em 5 editais regionais vão fomentar a produção de 56 obras para a programação das TVs do Campo Público

663_782842065154393_5890536719810695539_n

Estão abertas, desde o dia 28 de dezembro, inscrições para as cinco Chamadas Públicas regionais da Linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs Públicas, do Programa Brasil de Todas as Telas – Ano 2. Pelo segundo ano consecutivo, a linha disponibiliza R$ 60 milhões em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual distribuídos pelas cinco regiões do país. Os investimentos fomentarão a produção de 56 obras audiovisuais brasileiras independentes, correspondendo a 200 horas de programação.

Os editais cumprem o cronograma previsto pelo Calendário de Financiamento da ANCINE, compromisso assumido com o lançamento do Plano ANCINE + Simples, plano de ações para a qualificação da gestão do financiamento público do audiovisual.

A Linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs Públicas tem como objetivo a regionalização regionalizar a produção de conteúdos audiovisuais independentes para destinação inicial ao campo público de televisão (segmentos de TV universitária, comunitária e educativa e cultural).

Os editais desta linha serão operados por meio de uma parceria entre a ANCINE, a Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), e contam com o apoio da Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU), Associação Brasileira de Canais Comunitários (ABCCOM) e Associação Brasileira de Emissoras Públicas Educativas e Culturais (ABEPEC).

Podem apresentar projetos as empresas produtoras brasileiras independentes registradas na Ancine que tenham sede na região em que se inscreverem, por no mínimo 2 anos, ou comprovada atuação de sócio nesta região, por igual período.

Os interessados devem preencher e finalizar a inscrição eletrônica disponível no site do BRDE e enviar a documentação requisitada no edital em envelopes lacrados, entregues por portador ou por serviço de encomenda registrada, para o escritório regional correspondente. Os projetos inscritos precisarão observar obrigatoriamente as descrições das propostas de programação definidas no Anexo I de cada um dos editais.  O prazo de inscrição se encerra em 31 de março.

A linha prevê o financiamento do valor integral da produção das obras na modalidade de investimento (aplicação de recursos com participação do FSA nos resultados comerciais dos projetos). A primeira licença das obras que compõem a programação será destinada para exibição inicial pelos canais do campo público de televisão, de forma não onerosa, pelo período de 1 ano, com exclusividade de seis meses.

As Chamadas Públicas regionais estão disponíveis para consulta no site do Fundo Setorial Audiovisual assim como uma seção de Perguntas Freqüentes do portal da ANCINE na internet, para tirar as dúvidas dos interessados.

Mais informações
A Chamada Pública PRODAV 08/2014 (Norte) pode ser encontrada no site www.brde.com.br/fsa
Dúvidas sobre a Chamada Pública podem ser enviadas para o e-mail:
Utnnorte01@gmail.com ou pelo telefone (92) 3215-4762

Propostas contempladas na primeira Chamada Pública já estão em fase de produção

A primeira Chamada Pública da Linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs Públicas teve adesão de todas as regiões do país e número recorde de inscrições.  Os cinco editais resultaram na participação de 26 unidades federativas e 768 propostas inscritas – maior número já alcançado por uma linha do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA). Do total de propostas inscritas, 94 foram selecionadas, contemplando 83 empresas brasileiras independentes.

Inscrição para Oficinas de Formatação de Projeto – PRODAV TVs Públicas 2015/2016 – Região Norte

Para auxiliar os produtores independentes na qualificação dos projetos a serem inscritos nos editais, serão realizadas Oficinas de Formatação de Projeto em todas as capitais do país. Serão 3 oficinas por capital, cada uma dedicada a uma tipologia (animação, documentário e ficção). São 30 vagas por oficina a serem preenchidas por ordem de inscrição, desde que cumpridos os requisitos obrigatórios. Cada oficina tem carga horária de 20h/aula.

Para se inscrever em uma oficina, o(a) proponente deverá preencher o formulário de inscrição online (disponível em http://goo.gl/forms/4hqg8YnznZ) apresentando uma proposta de projeto para a categoria da oficina que pretende cursar.

Após o envio dos dados, o Escritório Regional da sua região confirmará a inscrição por e-mail e encaminhará o Termo de Compromisso (carta de intenção) para que a empresa produtora independente responsável pelo projeto assine, comprometendo-se a inscrever o projeto na chamada pública. O Termo deverá ser apresentado no 1° dia da oficina.

Em Rio Branco, as oficinas acontecerão na Usina de Arte João Donato, localizada na Avenida das Acácias, 1.155, Bloco B, Distrito Industrial, CEP 69.920-202.

CRONOGRAMA PARA OFICINAS EM RIO BRANCO

Documentário – 19 a 21/02/16 – com Gavin Andrews

Sexta – das 18h às 22h (4 horas de oficina)

Sábado – das 09h às 13h e das 14h às 18h (8 horas de oficina)

Domingo – das 09h às 13h e das 14h às 18h (8 horas de oficina)

Animação – 26 a 28/02/16 – com Jonas Brandão

Sexta – das 18h às 22h (4 horas de oficina)

Sábado – das 09h às 13hh e das 14 às 18h (8 horas de oficina)

Domingo – das 09h às 13hh e das 14 às 18h (8 horas de oficina)

Ficção – 16 a 19/03/16 – com Ana Alice de Morais

Quarta – das 18h às 22h (4 horas de oficina)

Quinta – das 18h às 22h (4 horas de oficina)

Sexta – das 18h às 22h (4 horas de oficina)

Sábado – das 09h às 13h e das 14h às 18h (8 horas de oficina)

mais informações pelo telefone: (68) 3229-6892

 

 

4ª MOSTRA USINA DE OLHARES

Depois de agraciar o público com produções audiovisuais em 2008, 2009 e 2011, a Mostra Usina de Olhares chega a sua 4ª edição no dia 2 de julho de 2015 com exibições na Filmoteca da Biblioteca Pública, localizada no centro de Rio Branco. A 4ª Mostra Usina de Olhares traz nove obras, entre documentário, animações e ficção.
CARTAZ IV MOSTRA USINA DE OLHARES 2015A ideia do evento é mostrar ao público produtos de conclusão de cursos de formação inicial e continuada (FIC) e de cursos técnicos ofertados na Usina de Arte João Donato, no âmbito do Pronatec, entre 2013 e 2015. Serão exibidos um média-metragem, De lá pra Cá, e oito curtas-metragens, Crisálidas, Sr. Smith, Um plano para Zion, Simpliciópolis, Raças, O que os ouvidos não ouvem o coração não sente, O Chico Pop e Bito e Outros Contos. (os filmes em 40′ no link https://youtu.be/yq8M_Bpfuyk )
As produções são trabalhos produzidos pelos alunos sob orientação dos mediadores e são resultado de um processo de construção coletiva. Todas tiveram a participação dos alunos desde a escolha do tema e concepção das personagens até a edição final das imagens.

Cena do filme De lá pra cá Cena do filme De lá pra cá

O média-metragem De lá pra cá (2013) tem roteiro inspirado em livros do artista acreano Hélio Melo e é resultado de um projeto artístico que integrou os quatro cursos técnicos da Usina, oferta 2012-2013. O curta Crisálidas registra as intervenções, no centro de Rio Branco, de uma instalação de esculturas realizada por alunos de Artes Visuais da Usina em 2013. Sr. Smith, Um plano para Zion e Simpliciópolis são animações criadas pelos alunos do curso FIC de Roteirista de Animação, oferta 2014. Os filmes tematizam a lida do homem do campo, a existência dos extraterrestres e a rotina simples, tediosa e fatídica da vida humana.

Arte da animação Um plano para Zion Arte da animação Um plano para Zion

Raças, O que os ouvidos não ouvem o coração não sente e Chico Pop são documentários produzidos como atividade de finalização de módulo das turmas do curso de técnico em Produção de Áudio e Vídeo nos meses de abril e maio de 2015. O primeiro é um registro documental sobre os maus tratos e abandono de animais domésticos, sobretudo daqueles classificados com SRD, isto é, sem raça definida; o segundo é resultado de uma pesquisa sobre a Rádio Difusora Acreana, “a voz das selvas”; e o último faz uma abordagem emocionada sobre o ativista e jornalista cultural acreano Chico Pop.

Documentário RaçasDocumentário Raças

Bito e Outros Contos é um curta de ficção produzido como trabalho final do curso técnico em Produção de Áudio e Vídeo com roteiro inspirado em contos da escritora Florentina Esteves. O roteiro do filme possibilita uma viagem ao passado da história do Acre e é todo gravado em chroma key, técnica pouco usada em filmes de ficção aqui em nosso estado, sendo adotada mais por campanhas publicitárias.

Curta de ficção Bito e Outros Contospersonagem do curta Bito e Outros Contos

O evento é uma ação do governo do Acre e governo federal, por meio do Instituto Dom Moacyr e da Fundação Elias Mansour, realizado pelo Núcleo de Produção Digital da Usina de Arte.

Segunda semana das oficinas integradas de Animação, Trilha Sonora e Sombras Chinesas

Na segunda semana os participantes da oficina tiveram que iniciar o processo de animação. Já era hora de fazer de verdade. Colocar as ideias na prática, mas fazer o quê mesmo?

Na oficina foram produzidas quatro animações que podem ser conferidas abaixo:

Além dos filmes produzidos, o trio fez a doação de uma mesa de sombra chinesa e duas mesas de luz  para a Usina de Arte dar continuidade aos trabalhos.

Oficina de Animação – Exercício com Zootrópio

Essas são algumas imagens da primeira semana da oficina de animação.

Experimentando alguns sons

Exercício com zootrópio


Digitalizando e testando alguns movimentos

Vídeo do exercício com zootrópio

NPDs participam do Projeto XPTA.LAB

xptalabpb

Foto NPD João Pessoa (PB).

A Paraíba está sendo pioneira num projeto que em breve será implantado na região nordeste, XPTA.LA PB foi contemplado no edital patrocinado pelo  Ministério da Cultura, por meio das Secretarias do Audiovisual (Sav/MInC) e de Políticas Culturais (SPC/MinC), em parceria com a Sociedade dos Amigos da Cinemateca.

O objetivo geral do projeto é estabelecer e manter uma rede de interlocução e intercâmbio entre diversos entes produtores e difusores do audiovisual da região nordeste. Tal rede propõe ampliar a atuação e cobertura do portal virtual de intercâmbio de conteúdo audiovisual estabelecido pelo Pontão de Cultura Rede Nordestina Audiovisual_RNA, abrangendo também o intercâmbio de conteúdo em modelo de IPTV (Internet Protocol Television), para os produtores de conteúdo independente, assim como para a rede de emissoras públicas de televisão das regiões norte e nordeste, através da implementação de um Laboratório de Testes Virtuais de Conteúdos Audiovisuais Interativos.

A Primeira Oficina do projeto será realizada,  nos dias 02,03 e 04 de março,  em João Pessoa, com a presença de todos os parceiros consorciados.

O projeto foi desenvolvido por professores, pesquisadores e técnicos administrativos da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Laboratório de Aplicações em Vídeo Digital (LAVID), em parceria com o NPD João Pessoa (PB), integrante do Programa Olhar Brasil (parceria: Universidade Federal da Paraíba com a Secretaria do Audiovisual / Ministério da Cultura; do Pontão de Cultura Rede Nordestina Audiovisual (RNA), administrado pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curtametragistas, Seção Paraíba (ABD-PB).

O trabalho valoriza a relação interativa em rede, e tem a participação de projetos consorciados de 12 estados do norte e nordeste. Vários dos projetos consorciados são integrantes do Programa Olhar Brasil, relacionados a seguir: o NPD Fortaleza (CE), NPD Aracajú (SE), NPD Belém (PA), NPD Rio Branco (AC), NPD Teresina (PI); em outros estados as parcerias são respectivamente com a Associação Brasileira de Documentaristas, ABD em Salvador (BA); a ABD João Pessoa (PB).; TV Universitária / TV UFMA (MA); Fundação Aperipê de Sergipe (SE); Pontão de Cultura ONG Galeria Zoon de Fotografia em Natal (RN) e Ponto de Cultura/ONG Ideário de Maceió (AL).

Nos primeiros 12 meses de execução serão realizadas as seguintes  metas:
– Ampliação de 01 Laboratório Centro de Excelência.
– Ampliação de 01 Portal Regional de IPTV (VirtuaLabTV).
– Qualificação direta em encontro presenciais de pelo menos 24 técnicos do audiovisual em procedimentos interativos em 08 estados da região Nordeste (PB, CE, SE, PI, BA, AL, RN, MA) e 02 estados da região Norte (PA, AC).
– Capacitação em ferramenta virtual compartilhada e colaborativa de produção audiovisual interativa de pelo menos 72 técnicos do audiovisual envolvidos nos projetos consorciados nos estados atendidos.
– Produção de 11 programas televisivos de 26 minutos cada, aplicando procedimentos da interatividade através dos recursos da Televisão Digital e da IPTV, realizando recorrentes testes de exibição e usabilidade, gerando ao total 286 minutos de conteúdo a ser difundido através de redes locais e regionais de televisões públicas e de portal eletrônico de IPTV e WEB TV.

A linha metodológica utilizada, ampara-se na lógica das redes sociais como mecanismos capazes de expressar idéias políticas e econômicas inovadoras, fazendo uso das novas tecnologias e com novos valores culturais.

Entradas Mais Antigas Anteriores