Oficina A Fisicalidade no Trabalho do Ator com Renata de Lélis & Workshop de Direção e Interpretação com Camilo de Lélis

A oficina A fisicalidade no trabalho do ator tem como princípio a investigação da presença cênica a partir de partituras físicas. Buscaremos oportunizar o encontro do ator com o seu corpo evidenciando suas potencialidades. Para tanto, será utilizado métodos de Laban e Viewpoints. Propõe um processo aberto de investigação sobre o corpo e suas potencialidades. Por meio de exercícios de treinamentos físicos, jogos, experimentações e criações cênicas, pretende-se compartilhar uma série de procedimentos que podem potencializar a expressividade do ator, além de desenvolver alguns aspectos de sua prática de acordo com as implicações do termo “fisicalidade”, investigado pela atriz-bailarina Renata de Lélis em seu processo de trabalho.

SOBRE A MINISTRANTE

Renata de Lélis é atriz, bailarina e performer. Graduada em Teatro: Licenciatura na UERGS, (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul), Mestra em Performance Artística – Dança na FMH – UTL (Faculdade de Motricidade Humana da Universidade Técnica de Lisboa). No ano de 2009, em que residiu em Lisboa, atuou como atriz-bailarina em “Maiko” da CIA portuguesa Inestética e protagonizou o Vídeo-dança “GAPS” de Zé Pires. Desde 2007 dança no Ânima Cia de Dança da Coreógrafa Eva Schul, como bailarina-criadora de “Tão Longe, Tão Perto, Tão perto Tão…” recebem o prêmio Klauss Vianna de circulação 2011. Participou de diversos espetáculos Teatrais, Curtas e Longas-metragens. Em 2011 atuou em “Velasques e a teoria quântica da gravidade” e “Homens de Bem” de Jorge Furtado. Recebendo cinco prêmios como atriz de teatro e cinema ao longo de sua carreira, sendo os últimos: Prêmio Açorianos de Melhor Atriz Coadjuvante 2010 por “Milkshakespeare” e Prêmio de melhor atriz de curta-metragem em Gramado 2007 por “Um Aceno na Garoa”.

INSCRIÇÕES: https://docs.google.com/forms/d/1PDpxItT1GdXcP2sTyX5i-HSW7yh5VUnv50UiQFjKf9U/viewform

(encerram dia 26/10/2015)

DATA: 28 de outubro de 2015

HORA: de 9h às 12h, no teatro da Usina de Arte

DURAÇÃO: 3 horas

Nº DE VAGAS: 30

PÚBLICO ALVO: Artistas, estudantes de artes, bailarinos, interessados em artes cênicas, com ou sem experiência, com idade a partir de 16 anos.

Workshop “Da Grécia ao Pós-Dramático” & “Diálogos sobre a Direção de Teatro”

O Workshop “Da Grécia ao Pós-Dramático” & “Diálogos sobre a Direção de Teatro”, com 1 hora de duração, tem como objetivo propiciar a profissionais, estudantes de teatro e interessados um espaço de reflexão e intercâmbio criativo de ideias e troca de conhecimento, produzindo novos olhares, reflexões e pensamentos.

Tópicos a serem abordados:

– A encenação como processo de leitura e reescritura do texto dramático.

– O texto como elemento de discussões no espaço cênico. Interpretações, inter-relações, diálogos e tensões entre as diferentes linguagens da cena.

– O dramaturgo/diretor. Textos escritos a partir da cena. Improvisação como motor de  criação do texto dramático.

– O texto dramático tem valor hegemônico na cena? Outras linguagens da cena são subordinadas ao texto? Modos de relação autor-diretor.

– A encenação a partir do texto ultracontemporâneo ou pós-dramático(textos a partir do ano 2000): O texto como ponto de partida do processo de encenação.

DATA: 29 de outubro de 2015

HORA: de 14h às 15h, no teatro da Usina de Arte

SOBRE CAMILO:

Camilo de Lélis começou suas atividades teatrais em Porto Alegre, na década de 80, quando fundou a Cia Teatral Face & Carretos e, desde então, tem mantido um trabalho constante que abrange espetáculos adultos, infantis, teatro de bonecos e de rua. Destacam-se O Ferreiro e a Morte, Macário, o Afortunado, O Estranho Senhor Paulo, A Bota e a Meia e Mehrda, Presidentas, agraciados com o troféu Açorianos em várias categorias.

No Brasil, O Estranho Senhor Paulo apresentou-se no Acre, Amapá, Amazonas e Pará. A Bota e Sua Meia fez apresentações no Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Acre. O Ferreiro e a Morte e Mehrda e Presidentas fizeram temporada no Rio de Janeiro. No exterior, destacam-se as apresentações de Mehrda, Presidentas (Montevidéu, 2001) e Jacobina (Montevidéu 1996); O Estranho Senhor Paulo (Buenos Aires, 1997); A Bota e Sua Meia (Coimbra em 2003,Projeto Cena Lusófona e Munique em 1998).

As encenações de Camilo de Lélis foram objeto da monografia Carnaval, Encenação e Teatro Gaúcho, premiada no Concurso Nacional de Monografias Gerd Bornheim, da Secretaria de Cultura de Porto Alegre. A obra foi publicada em 2007, registrando em livro a contribuição desse encenador para o teatro.

Seus mais recentes trabalhos de direção são: As Quatro Direções do Céu, de Roland Schimmelpfenig (2015) – Prêmios: Fumproarte 2014 e Prêmio Braskem em Cena 2015; OMonstro de Olhos Verdes, de Walmir Ayala (2013) – Prêmios: Fumproarte e Prêmio Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2014 para circulação no norte do Brasil; Landell de Moura, o Incrível Padre Inventor, de Hercules Grecco (2012) – Prêmio Funarte Procultura 2012.

Anúncios

Espetáculo Monstro de Olhos Verdes, ou por quem morrem as pombas? na Usina de Arte

cena do espetáculo                                cena do espetáculo

O Monstro de Olhos Verdes, ou por quem morrem as pombas? é uma história ambientada em uma praça pública, onde um casal de namorados vive um feliz romance – como dois “pombinhos” – enquanto nesse mesmo lugar um jovem assassino se refugia da polícia e uma estátua cria vida e se manifesta, contando a história de Branca de Neve, com detalhes de terror e loucura.

Em cada uma das cidades estão previstos workshops de interpretação com o grupo. Vencedora do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2014, a montagem é definida pelo diretor como uma fábula para adultos.

SERVIÇO:

Turnê de “O Monstro de Olhos Verdes”. Direção de Camilo de Lélis
Entrada: franca
Recomendação etária: 12 anos
Duração: 1 hora

PROGRAMAÇÃO:
Datas: 28 e 29 de outubro, 20h
Local: Usina de Arte (Avenida das Acácias, 1155, Bloco B, Distrito Industrial, Rio Branco-AC)

Resultado da seleção de inscritos para o curso de Design de Figurino

O curso de Design de Figurino, ministrado por Rosângela Nascimento e promovido pelo CANNE em parceria com a Usina de Arte João Donato, tem a seguinte lista de inscritos selecionados:

Allana Khristie de Souza Roque

Ana Paula Alab de Oliveira

Anne Karolline de Melo Brito

Brida Calid Menezes

Bruna Pinheiro Duarte

Bruno Henrique Araújo Castelo

Clenilson Batista da Silva

Eldérico Paula da Silva

Francisca Indaiá Mattos do Nascimento

Jessiane Gisele Barroso da Silva

Juliana Feitosa Albuquerque

Jyalha Magda Almeida Tomaz

Karen Aline Viana de Melo

Keyla Tomé Gama

Lara de França Vieira

Lelande Silva de Holanda

Luquelino Aração Moreira

Maria Rosilene Nobre da Cunha

Mariana Ravena de Araújo Nogueira

Matheus da Silva Filgueira

Matheus Sampaio Soares

Romualdo Rodrigues de Freitas

Sandra Simonele Mendes Carneiro

Sinaira dos Santos Rodrigues

Waldeir Brito

informações importantes:

Data: 26 a 30 de outubro
Horários: 14h às 22h
Local: Usina de Arte, na Av. das Acácias, 1155, Bloco B – Distrito Industrial

O CANNE solicita que os selecionados respondam a mensagem enviada por email até o dia 20 de agosto, confirmando a disponibilidade de participar do curso.

CANNE oferece Curso de Design de Figurino em Rio Branco

A Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte da Fundação Joaquim Nabuco, através do Centro Audiovisual Norte-Nordeste, em parceria com a Usina de Arte João Donato, oferece neste mês de outubro o Curso de Design de Figurino para Cinema em Rio Branco.

O curso será ministrado por Rosângela Nascimento, terá 40 horas, e o objetivo é estimular o participante a entender o que é o figurino e o papel do figurinista dentro do processo fílmico de um longa-metragem passando por todas as etapas: pesquisa, composição e elaboração do figurino. Da relação com a caracterização, a arte, a fotografia, o som e todos os segmentos dentro de uma produção cinematográfica.

fonte: CANNE (Facebook)

fonte: CANNE (Facebook)

São ofertadas 25 vagas preenchidas por meio de seleção de currículo. O público alvo são estudantes e profissionais da área do cinema e demais interessados que tenham afinidade com o tema. O curso ocorrerá no período de 26 a 30 de outubro no teatro da Usina de Arte, no horário das 14h às 22h.

O edital está disponível no link http://www.fundaj.gov.br/images/stories/canne/editais2015/EDITALDesignFigurinoAC.pdf

As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas no período de 01 a 15 de outubro diretamente por meio do formulário disponível no link https://docs.google.com/forms/d/1gdXHuXENiKTajInk7fqkFid79t_6SrxQ8Tm9sSl4vjg/viewform

Sobre Rosângela Nascimento

Bacharel em Cinema de Animação pela Escola de Belas Artes da UFMG com especialização em estilismo e modelagem do vestuário. No cinema, Rosângela assina figurinos de filmes como “Redemoinho” (de José Luiz Villamarim, 2014), “Doidas e Santas” (de Paulo Thiago, 2014), – “Elvis e Madona” (de Marcelo Lafitte, prêmio melhor roteiro Festival do Rio 2010), “Como Esquecer”, (de Malú de Martino, prêmio melhor figurino no 1º Festival nacional de cinema de Petrópolis).

Serviço:

Curso: Design de Figurino para Cinema

Ministrante: Rosângela Nascimento

Inscrições gratuitas: de 1 a 15 de outubro de 2015

Ficha de inscrição no link: https://docs.google.com/forms/d/1gdXHuXENiKTajInk7fqkFid79t_6SrxQ8Tm9sSl4vjg/viewform

Resultado da seleção: 19/10/2015

Período do curso: de 26 a 30/10 de 2015

Horário: das 14h às 22h

Local: Usina de Arte, localizada na Av. das Acácias, n o 1155, Bloco B – Distrito Industrial, em Rio Branco-AC

Contatos: (68) 3229-6892 / 9923-4987