Estudantes do curso de Artes visuais trabalham com esculturas

Nossos alunos de Artes Visuais estão trabalhando com esculturas neste módulo. O mediador do curso, Jesaias Texeira, explica que todo o conhecimento adquirido de traço, linhas, anatomia e geometria são postos em prática da maneira mais delicada possível para reproduzir formas e detalhes nas esculturas. Confira a galeria.

 

Imagem

De Íris ao Arco-Íris: Um espetáculo gratuito para portadores de deficiência auditiva

FOTO 3

Depois de Fortaleza (CE), Balneário Camboriú (SC) e Cuiabá (MT), o espetáculo “De Íris ao Arco-Íris” será apresentado neste sábado, às 19h, e no domingo, às 18h, na Usina de Arte. O público-alvo são crianças portadoras ou não de deficiência auditiva com idade a partir dos quatro anos. Em 2014, a Fundação Nacional de Artes (Funarte) concedeu o Prêmio Myriam Muniz à produção.

cartaz-íris-2015 (Acre)

A montagem usa bonecos, objetos e o teatro de sombra, além da experiência de um intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras), para contar a história de uma lagarta sonhadora. Após a apresentação, a plateia será convidada para um bate-papo sobre o projeto, incluindo associações locais que atendem à comunidade surda. O ingresso é gratuito.

Sinopse

A lagarta Íris faz de tudo para realizar o desejo de chegar a um determinado endereço encantado. Certo dia, ao se transformar em uma borboleta de cores exuberantes, a personagem aparece de surpresa na festa de aniversário do rei do Jardim Sereno de Manhãzinha, Muito Calor à Tardinha. Mesmo expulsa por não se submeter aos caprichos da realeza, o obstáculo não a faz desistir.

Produção

A obra é uma criação coletiva que dá voz à inquietação artística e pessoal de jovens interessados em investigar o “Teatro para Infância e Juventude” e o “Teatro de Formas Animadas”. Graduados em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), o grupo se juntou para pesquisar essas linguagens e construir uma encenação para crianças surdas.

Apoio

Serviço Social do Comércio no Acre (Sesc/AC), Hotel Amazônia, Governo do Estado, Fundação Elias Mansour (FEM), prefeitura de Rio Branco, Secretaria Municipal de Educação (Seme) e Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

Mais informações

Espetáculo Infantil “De  íris ai arco-iris”

Local:  Usina de Arte João Donato

Data: sábado, dia 18/07, às 19h

domingo. dia 19/07, às 18h

Entrada gratuita

Denise Oliveira: (68) 3229-6892 | (68) 9978-4316

http://www.usinadeolhares.wordpress.com

Assessoria FGB

Teatro Ânima apresenta o espetáculo ‘A mais forte?’ na Usina de Arte João Donato

Professores da Universidade Federal do Acre (Ufac), Andréa Maria Favilla Lobo e Marcelo da Silva Murilo, reapresentam o espetáculo “A mais forte?”, que estreou em 2012. A reestreia do acontecerá nesta terça-feira, 26 de maio de 2015, às 10h, na Usina de Arte João Donato. A entrada é franca.

A reapresentação faz parte da programação do 1º Encontro de Bolsistas, promovido pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Proaes). Trata-se de uma produção e adaptação do Teatro Ânima Amazônia da peça de August Strindberg, em diálogo com fragmentos do “Livro do Desassossego”, de Fernando Pessoa.

A montagem tem no elenco a atriz e pesquisadora Andréa Favilla, com direção de Brigitte Bentolila e música de André Favilla. Também contou com a colaboração de Antônio Manso (preparação corporal e assistência de direção) e Marcelo Murilo (assistência de direção e manutenção da montagem).

O espetáculo foi financiado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura, por meio da Fundação Garibaldi Brasil, com apoio da Caixa Econômica Federal e da Ufac.

O espetáculo também será apresentado nesta quarta-feira, 27, às 15h, e na quinta-feira, 28, às 19h, na Usina de Arte João Donato.

(Ascom-Ufac)

ITAÚ CULTURAL OFERECE WORKSHOP DE ARTES VISUAIS “O ALIMENTO NO CAMPO EXPANDIDO”

Convite_Rio Branco_finalO Itaú cultural traz a Rio Branco o workshop O alimento no campo expandido, com Jorge Menna Barreto.

Serão ofertadas 20 vagas, para maiores de 16 anos. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição, direcionada a artistas, professores e estudantes de arte ou profissionais de outra área que trabalhem com arte.

A proposta do workshop é, segundo as palavras do próprio artista Jorge Menna, propor uma reflexão sobre os usos do solo na arte e na agroecologia. A partir de aula prática de mapeamento de matinhos comestíveis, desenho de observação e produção de sucos específicos (bebidas à base de frutas e folhas verdes locais). A ideia é resultado de uma pesquisa que o Jorge vem realizando há algum tempo.

A metodologia aplicada será a partir de aula prática e teórica, envolvendo exercícios de registro, desenho de observação e preparação de alimento.

A ação recebe o apoio do Governo do Acre, por meio da Fundação Elias Mansour.

Mais informações no site de Jorge Menna: http://cargocollective.com/jorgemennabarreto

Serviço:

Inscrições: de 25/05 a 19/06 de 2015

Período: de 25 a 27 de junho

Horário: das 9h às 13h

Local: Usina de Arte João Donato

Carga horária: 12h

VAGAS PREENCHIDAS!

A partir de agora, somente inscrições para CADASTRO RESERVA pelo link https://docs.google.com/forms/d/18xivz5bNxB78r9NWM70xiSXBTk0s7xUhlZK4ZMi9GYg/viewform?usp=send_form

Maiores informações:

Telefones: (68) 3229.6892

(68) 9923-4987

(68) 9978-4316

Espetáculo “Exú – a boca do universo”, do Palco Giratório do Sesc

Cena do espetáculo Exú - a boca do universo. Fonte: Festival do Teatro Brasileiro (site)
Cena do espetáculo Exú – a boca do universo.
Fonte: Festival do Teatro Brasileiro (site)

Neste fim de semana, a Usina de Arte João Donato recebe o espetáculo Exú – a Boca do Universo, do Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas. O espetáculo faz parte da programação do Palco Giratório do SESC.

Sinopse

“Exú – a boca do universo” é um espetáculo de celebração à vida. O espetáculo narra sem compromisso cronológico momentos em que Exu se mostra diferente daquilo que tanto se pregou na cultura ocidental sobre o orixá que rege a comunicação e a liberdade no candomblé. Optando por uma dramaturgia músico-poética, pela encenação em um espaço aberto e por atores que se personificam sobre as diversas concepções do orixá Exu, o humano e o divino se entrelaçam na celebração à condição de estar vivo. Exu em suas várias facetas se mostra no espetáculo como alguém que valoriza o movimento da vida, do falar ao agir, do pensar ao sentir.

Serviço

Duração: 60min

Classificação etária: 18 anos

Companhia: Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas

Data: 23/05/2015 (sábado) | às 20h

Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

Sujeito à lotação do espaço

Local: Usina de Arte João Donato

Espetáculo de dança do ventre ‘Mulheres’ estreou em Rio Branco, na Usina de Arte

Por G1 AC (adaptado)

(Foto: Aquele Casal Fotógrafo)

(Foto: Aquele Casal Fotógrafo)

A primeira apresentação ocorreu no último sábado (02/05), na Usina de Arte. O espetáculo ficará em cartaz nos dias 2, 9, 16 e 30 de maio, sempre às 20h.

Com produção do Studio Alimah de Dança do Ventre, essa é primeira temporada do espetáculo, após duas apresentações piloto realizadas no final de 2014. O grupo conta com dez dançarinas do ventre com idade entre 16 e 50 anos.

Após temporada na capital, o evento fará oficina de dança do ventre no dia 5 de junho na cidade de Cruzeiro do Sul. Nos dias 5 e 6 de junho, o grupo deve fazer duas apresentações no Teatro dos Náuas.

O Studio Alimah de Dança do Ventre é coordenado pela professora Yane Alimah e existe há 4 anos na capital acreana.

Serviço

O quê: Espetáculo Mulheres – Dança do Ventre

Quando: 2, 9, 16 e 30 de maio, às 20h

Onde: Usina de Arte João Donato (Avenida das Acácias, 1.155, bloco B, Distrito Industrial, Rio Branco-AC)

Quanto: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

 

Liga das Quadrilhas Juninas do Acre traz a Rio Branco o espetáculo Calendário Revirado

calendariorevirado.giros

O projeto de intercâmbio da Liga das Quadrilhas Juninas do Acre (Liquajac), financiado pelo Fundo Municipal de Cultura, da Fundação Garibaldi Brasil (FGB), com o apoio cultural do governo do Estado, por meio da Fundação Elias Mansour (FEM), traz a Rio Branco-AC, hoje, o espetáculo de dança-teatro Calendário Revirado, do Grupo Afixirê (MA), com direção de Xico Cruz.

Calendário Revirado, com classificação livre, se apresenta na Usina de Arte João Donato, às 18 horas, com ingressos no valor de R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

A encenação do espetáculo é da bailarina pernambucana Leila Nascimento, que o define: “É um convite ao perder-se; divagar pelos anos, personagens, memórias… encontrar-se no repertório corporal e afetivo de uma bailarina que carrega em seu matulão histórias de muitas elas”. Leila é antropóloga, coreógrafa, bailarina e quadrilheira, coordena o grupo Matulão de Dança e atualmente trabalha no Núcleo Educativo do Paço do Frevo da Prefeitura do Recife/PE.

A trilha sonora do espetáculo é composta pelo MambemBricantes e Flávia Wenceslau.

Serviço:

Espetáculo de dança-teatro com o Grupo Afixirê (MA)

Dia 26 (domingo) às 18h

Teatro da Usina de Arte

Produção: Grupo Afixirê

Ingresso: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia)

Indicação: Livre

Duração: 40 min

Entradas Mais Antigas Anteriores