Cia Treme Terra apresenta o espetáculo Terreiro Urbano na Usina de Arte

A Cia Treme Terra surgiu em 2006 com o intuito de pesquisar e promover a Arte Negra na cidade de São Paulo. Em 2015, a Cia foi contemplada pelo edital Funarte Klauss Vianna, possibilitando que neste ano de 2017 circule com o espetáculo Terreiro Urbano e oficinas pela região norte, passando pelos estados do Acre e Pará. A circulação irá contemplar 10 cidades, cinco em cada um dos estados.

17798960_1370115196356905_858340925239300049_n

Terreiro Urbano é uma criação coletiva da Cia, inspirado na mitologia dos orixás, composto por coreografias e músicas que dialogam com este universo e formam fotografias da diáspora africana e suas influências sobre as outras culturas existentes na grande metrópole. A ideia não é representar o terreiro tradicional no palco da forma como ele é feito em seus rituais sacros, mas sim criar uma releitura contemporânea desta manifestação, um caleidoscópio da cultura afro-brasileira a partir da mitologia dos orixás, seus cantos e movimentações.

O espetáculo tem a direção de João Nascimento, músico pesquisador da cultura afro-brasileira, e coreografia de Firmino Pitanga. Reúne no palco os 17 músicos e bailarinas do Treme Terra, o Quinteto Abanã, grupo que mescla músicas populares brasileiras de matriz africana, com canto lírico e erudito e o Z’África Brasil, grupo que contribui com a presença do hip-hop como elemento de manifestação urbana. Completam a ficha técnica Júlio Dojcsar, responsável pelos materiais cênicos e Vana Marcondes e Lígia Nicácio, que desenharam os figurinos.

João Nascimento classifica o espetáculo como “contemporâneo de composição efêmera, subjetiva e poética, que investiga as manifestações populares dos terreiros, suas movimentações, sonoridades, hábitos, preceitos e fundamentos intrínsecos que fazem parte desta cultura ancestral.”

487465382

Fonte: Google

A Cia Treme Terra trabalha na valorização e difusão da cultura afro-brasileira por meio de oficinas de formação artística voltadas para jovens. Em sua sede, hoje localizada no Rio Pequeno, bairro da periferia de São Paulo, são oferecidas oficinas gratuitas para a comunidade local e a partir destas atividades é formada uma companhia de dança e música que cria um espaço de vivência e produção artística propiciando um ambiente democrático de troca e integração sociocultural.

A Cia realizará na Usina de Arte uma oficina de dança negra contemporânea, que acontecerá no domingo, dia 16, às 15h.

https://docs.google.com/forms/d/1Tmm3B9sTeCK8OVAacaSMGWJndcIAw82VB3N4yM9eb_w/edit

Serão disponibilizadas 15 vagas

Serviço:

Espetáculo Terreiro Urbano

Local: Usina de Arte (Endereço (Av. da Acácias, 1.155, Bloco B, bairro Distrito Industrial, Rio Branco)

Data: dias 15 e 16 de abril de 2017

Horário: 19 horas

Classificação etária: livre

ENTRADA GRATUITA

Oficina de dança negra contemporânea

Local: Usina de Arte

Data: dia 16 de abril de 2017

Horário: 15 horas

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: